Portal de Homeopatia

 

 

Esta tabela foi fruto do trabalho de um grupo de Campinas-SP, do departamento de
Homeopatia da Sociedade de Medicina e Cirurgia  de Campinas e que foi apresentado
no Congresso Brasileiro de Homeopatia em 1996, em Campo Grande - MS. Foi um
trabalho de vulto e útil, que merece
continuar sendo divulgado.

 

    "A presente listagem de marcadores miasmáticos (sintomas, intencionalidade ou
qualidade de sintomas que identificam os miasmas) proposta para identificação do
miasma predominante quando da análise dos casos clínicos surgiu ao estudar-se
comparativamente os autores mencionados. Não se constitui novidade mas seu
objetivo é operacionalizar o miasma no dia a dia da clínica da similitude.
    Não concordamos de que
marcadores miasmáticos não existem, usando como
justificativa o fato de serem todos sintomas tri miasmáticos, com predominância
de um determinado miasma. Argumentamos que se aceita a existência do miasmático, este deverá ter seus marcadores, sob o risco de não ser identificados. Como poderemos diferenciar humanos de animais ou vegetais se não temos os elementos que os identifiquem como tais ?
    Poucos são os marcadores comuns a todos os autores , ater-nos-emos pois àqueles que são consensuais independentemente do construtivismo que os tente justificar. São poucos os comuns mas existem, e se utilizados na clínica serão de grande valia para a compreensão das patogenesias, para o diagnóstico medicamentoso, para a orientação preventiva dos pacientes e também para o prognóstico, pois além das proposições observacionais de Hering e as prognósticas de Kent, teremos também, para orientação do clínico, a variação ou atenuação das modalidades miasmáticas que acompanham os sintomas, a tão comentada evolução miasmática.
    Sua utilização é simples, a cada caso clínico proceder como recomenda o Prof. Proceso Sanchez Ortega : grifar com
azul os marcadores da Psora, com amarelo os da Sycose e com vermelho os da Syphilis em cada sintoma de cada caso clínico, desta forma o miasmático irá paulatinamente se instalando nas histórias clínicas, ajudando nas prescrições e evoluções, conduzindo-nos à tão desejada latência dos miasmas.
    Esperamos que ao aplica-los possamos receber o retorno dos colegas sobre a utilidade e pertinência dos mesmos, para que aos poucos consigamos amplia-los e com a discussão conseguir uma listagem mais ampla que possa nos ajudar no dia a dia, retirando assim do baú a tão falada e tão pouco praticada visão miasmática. " 1


 PsoraSycoseSyphilis
Mental

ansiedade
inquietude
variabilidade
alternância
hiperatividade pouco ordenada

desconfiança
obsessividade
egoísmo
egocentrismo
constante
planejador
ordenado
atividade ordenada
isolamento
desinteresse
apatia
indiferença
morte
atividade desordenada
inatividade
Meiobusca
integração
adaptação
ser aceito
defesas para adaptação
manipula-o para usa-lo para seus propósitos
defesas para vencer
isola-se do meio
Leitemeburla
imoral
transgride
amoral
anarquia
falta de ordem
Açãoconstrói
não destroi
variabilidade
constroi para si
destroí aos outros
ordenada
destroí a si e aos outros
desordenada
Tempofuturopresentepassado
Menteativadificuldade para falar e para lembrar nomes 
Sentidoshipersensíveis embotados
Pronome eu ninguém
Escapereligiãoocupaçãoálcool
drogas
Horário - 6- 18 horasagrava  
                18- 21 horas agrava 
                21- 03 horas  agrava
                 03 - 06 horas agrava 
Frioagrava extremo agrava
Calormelhoramelhoraextremo agrava
Securaagravamelhoramelhora
Umidademelhoraagrava 
Mar agrava 
Montanha   
Ar livre  melhora
Vento  melhora
Tempestades   
Sol  agrava
Luacheia agrava  
nova agrava
Repousomelhor  
Eliminaçõesfisiológicas melhoram
ex. transpiração, urina, fezes, menstruação
patológicas melhoram
ex: catarros
secreções purulentas aderentes
fisiológicas pioram
secreções putridas, hemorrágicas
Fomeinsaciávelvariáveldiminuída ou exagerada
Desejos alimentaresdoces, ácidosácidos, estimulantesnão sabe o que quer
Aversões alimentares  carne
Temperatura dos alimentos comidas e bebidas quentes melhoramdeseja comidas e bebidas frias
Febrealtaalta paroxísticanão alta, insidiosa com prostração
Patológicopruridoproliferação, acúmulo, hiperplasiaulcerações, destruição, assimetrias
 securaretenção hídrica 
 errático, superfície, mais funcional que lesionalmais lesional que funcionalbem mais lesional que funcional
 descamaçãocatarrossangramentos

 

Obs. da autora : interessante notar que são reações de um ser perante situações do dia a dia. Isolados, não exatamente nos causam espanto, ou críticas ou atenção.  Irão nos chamar atenção por sua repetibilidade e/ou por serem reações que não corresponderiam às ações que as originaram. Ou seja, são fatos da vida do ser, de seu dia a dia, e não recortes aleatórios e ocasionais.
E que o patológico já seria a fixação, e as consequencias disso, de uma só reação por um período de tempo, e/ou intensidade,  que altera o ser.

 

 

1-  Departamento de Homeopatia da Sociedade de Medicina e Cirurgia de Campinas / APH -
Ciclo de Estudos sobre Miasmas - Campo Grande-MS - 1996 - Congresso Brasileiro de Homeopatia

 

vet_e_cao_3.gif (3083 bytes)

construída e administrada por Maria Thereza Cera Galvão do Amaral
Criada em 1999. Revisado: dezembro, 2017.

Licença Creative Commons
Portal de Homeopatia de maria thereza do amaral está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença
em http://www.mthamaral.com.br.