Portal de Homeopatia

 

 

    A Homeopatia e as especialidades

Vamos resumir ao essencial : os problemas de Hahnemann com a medicina de sua época eram com a terapêutica e os procedimentos terapêuticos utilizados e a causa das doenças. Ou seja, o que faziam para curar e as substâncias usadas para isto, e a imaginação excessiva que era usada para justificar a existência das doenças e o adoecer.

    Ele não tinha nada contra os especialistas ( alias, como teria ? Eles não existiam!). Não os odiava, não os queria ver queimados em praça pública, etc,etc,etc.

    O problema não é a existência dos especialistas, é o "especialismo", é a não existência de um número suficiente de bons clínicos gerais que possam tomar decisões quanto ao plano geral terapêutico do paciente. Num mundo ideal, o especialista poderia sugerir e discutir terapêuticas e diagnósticos, mas não decidir. Quem deveria montar um plano terapêutico geral do paciente  deveria ser um clínico geral, que seria um homeopata, ou não.

    Não há absolutamente nada de errado em um clinico querer se aprofundar em seus estudos sobre assuntos mais particulares, de seu interesse. O que há de errado é ele achar que pode tratar seu paciente com base nisso. Isto é tão esquisito quanto o departamento de vendas de uma grande empresa tomar decisões que envolvam o futuro de TODA a empresa; ou o departamento de contabilidade fazer isso. Não que sejam departamentos menores, sem importância, muito pelo contrário, mas NÃO ESTÃO PREPARADOS PARA TOMAR RESOLUÇÕES QUE VÃO TER IMPACTO GRANDE EM TODA EMPRESA, E ATÉ FORA DELA. Não, quem faz isso é o setor administrativo, cuja função é essa, tomar decisões baseadas em características e necessidades de TODA empresa, porque as decisões importantes que tomarem vão se repercutir em TODA ela.

    Visto sob este prisma, se observa que os homeopatas não estão sós nisso, já que uma parcela bem representativa da medicina oficial também faz um movimento importante pelo ressurgimento dos bons clínicos gerais. Nisto não há segredos e há muita lógica. E a volta dos clínicos de família também não é um movimento desconhecido aos alopatas, isto que é outro grande trunfo dos homeopatas, que já fazem isso a tempos.

    E quanto à oposição especialismo X generalismo, tirando a parte anedotária, e aqueles que fazem criticas e intrigas absurdas por não enxergarem um palmo a frente do nariz, ela não existe. Enquanto o generalismo contempla o horizontal, a superfície, o especialismo contempla o aprofundamento naquilo que é preciso.

    Um complementa o outro e seu trabalho de maneira conjunta fariam a medicina ser muito mais eficiente.

   

 


.

vet_e_cao_3.gif (3083 bytes)

construída e administrada por Maria Thereza Cera Galvão do Amaral
Criada em 1999. Revisado: dezembro, 2017.

Licença Creative Commons
Portal de Homeopatia de maria thereza do amaral está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença
em http://www.mthamaral.com.br.