fbpx

curso naturopatia homeopatia

Constelação Familiar Sistêmica

A Constelação Familiar Sistêmica, criada pelo psicoterapeuta alemão Bert Hellinger, é um método terapêutico que utiliza a teoria dos Campos Morfogenéticos, do biólogo inglês Rupert Sheldrake, no acesso ao campo mórfico de um sistema. Nesse processo, utiliza-se como base um tema ou acontecimento na busca por entendimento de situações, ações e sentimentos.

 

Constelação Familiar Sistêmica como Solução de Conflitos Relacionado às Mães

As dificuldades que vivemos atualmente são influenciadas por traumas sofridos não apenas por nós mesmos, nossos pais e avós, mas por gerações anteriores a eles, em eventos que muitas vezes nem sequer conhecemos. Hellinger se refere à relação entre problemas presentes e eventos passados como "emaranhados sistêmicos“, também conhecidos como traumas que carregamos na nossa história, muitas vezes, apenas no nível inconsciente.

 

A Constelação Familiar Sistêmica traz, ao nível consciente, a percepção e entendimento que as nossas heranças genéticas vão além das questões físicas.

Essa prática terapêutica nos auxiliar a acessar a herança emocional que se manifesta de muitas formas, muitas vezes acompanhada de repetições de padrões, até que eles sejam compreendidos e integrados.

Em outras palavras, a Constelação Familiar Sistêmica promove um melhor entendimento dos acontecimentos nas nossas vidas, abrindo espaço para o perdão, aceitação, superação e recomeço.

 

A Constelação Familiar Sistêmica é reconhecida no Brasil e utilizada no Ministério da Saúde para a manutenção e reparação da saúde e pelo Ministério da Justiça no auxílio à resolução de conflitos.

 Tag