fbpx

curso naturopatia homeopatia

Relação dos alimentos com a saúde dos dentes


A saúde dos dentes está diretamente relacionada com a qualidade da alimentação, com o consumo de uma dieta mais diversificada e com o aperfeiçoamento da digestão e da absorção de nutrientes.

relacadosalimentoscomasaudedosdentes

Ao mesmo tempo, os nossos hábitos alimentares também podem auxiliar no fortalecimento das estruturas orais, ajudando na reposição de vitaminas e minerais importantes, melhorando a higienização e o controle das bactérias ou até incentivando a produção salivar.

 

No entanto, os maus hábitos são capazes de causar o definhamento da nossa saúde bucal, sendo as principais fontes de doenças que comprometem a integridade dos dentes e dos seus tecidos de sustentação, como:

  • Cáries;
  • Placas bacterianas;
  • Tártaro;
  • Gengivite;
  • Periodontites, entre outros.

 

Assim, alguns tipos de comidas incluídas na dieta diária podem interferir, até mesmo, na aplicabilidade do paciente de realizar diversos tipos de intervenções odontológicas, como a colocação de uma prótese fixa dentária ou de uma lente de contato dental.

 

Por isso, todos os pacientes devem estar sempre atentos com os efeitos que cada tipo de alimento pode causar em toda a cavidade oral e na saúde do organismo, como um todo.

 

Os alimentos que comprometem a saúde dos dentes

Quando falamos de alimentação e saúde dos dentes a relação entre os doces e as cáries são sempre as principais associações a serem traçadas.

Isso se dá, principalmente, porque essas doenças bacterianas são, hoje, as mais recorrentes entre os brasileiros de todas as idades.

Assim, as guloseimas ricas em açúcares, carboidratos simples, amidos e gordura, são perfeitas para facilitar a produção de ácidos corrosivos aos dentes, incentivar a formação do tártaro e para provocar a inflamação do tecido gengival e periodontal.

Essas comidas, além aumentar o preço de limpeza de dente, também ameaçam o tratamento ortodôntico, provocando quebras e desencaixes que atrasam o desenvolvimento do procedimento e podem, inclusive, acabar revertendo algumas alterações importantes.  

Além disso, o consumo excessivo de refrigerantes e de bebidas ácidas ou alcoólicas, acabam interferindo nos resultados obtidos por intervenções que visam remover manchas dos dentes ou acrescentando no clareamento a laser valor.

Isso porque os tratamentos acabam durando menos, exigindo de mais sessões ou implicando em manutenções mais recorrentes, devido ao desgaste causado por essas substâncias.

Tipos de comidas que colaboram com a integridade dental

Por outro lado, a alimentação é uma das melhores formas de garantir a saúde e integridade das estruturas orais, desde os dentes até os tecidos que fazem a sua sustentação.

Pois, uma dieta balanceada e rica em alimentos frescos fornece todos os tipos de vitaminas necessárias para o fortalecimento da cavidade oral.

Essas comidas são capazes de auxiliar no controle dos microrganismos, facilitam a higienização e ainda podem deixar o organismo mais forte e saudável, diminuindo a concentração de glicose no sangue e de doenças sistêmicas que comprometem a produção salivar e as proteções naturais da boca.

Entre os alimentos mais importantes para serem inseridos na dieta diária, os que não podem faltar são:

Iogurte e derivados do leite

Os derivados do leite, além de serem excelentes fontes de cálcio – que é um mineral crucial na composição óssea e dental –, também possuem ácido láctico, fósforo, vitaminas e diversas proteínas que auxiliam na mineralização dessas estruturas.

Essas comidas também estimulam a produção de saliva, reduzem a acidez da boca e também reduz as chances do desenvolvimento de cáries e da formação de placas bacterianas.

Maçã

Frutas como a maçã e a pera também são excelentes opções como lanches e sobremesa, pois além de serem doces, sua natureza fibrosa promove a remoção das placas bacterianas e ainda estimula a circulação sanguínea no tecido gengival.

Por serem duras, é recomendado que os pacientes que utilizem aparelhos ou tenham facetas de porcelana cortem as frutas em pedaços menores em vez de morder direto. Assim, é possível evitar quebras e outros desconfortos.

Cenoura

A cenoura, assim como as frutas mais fibrosas, são ótima aliadas à higienização dental e à redução da probabilidade ao desenvolvimento de cáries e infecções gengivais, mas para isso, é preciso que esse legume seja ingerido em sua forma natural, crua.

Por isso, quem possui uma restauração de porcelana também deve ficar atento para não causar nenhum tipo de quebra durante a mordida e mastigação. Corte a cenoura em fatias mais finas antes de consumi-la.

Oleaginosas

As castanhas, nozes, amêndoas ou qualquer outro tipo de oleaginosas, são fontes importantes de cálcio, proteínas e fibras que ajudam no processo digestivo e melhoram a saúde como um todo.

No entanto, esses alimentos ainda são ricos em um tipo de gordura vegetal que se adere aos dentes e impede que as bactérias orais consigam formar a placa bacteriana, o tártaro ou as cáries.

Por serem mais duros, os pacientes que utilizam o aparelho de dente transparente devem ter cuidado com a mastigação para não provocar nenhuma quebra ao acessório odontológico, e também para não exagerar no consumo diário – devido ao alto índice calórico.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental.


Práticas Integrativas Complementares

Google Site Seguro integralle

 

 Tag